ESPECIALIDADES

Cirurgia das pálpebras (Blefaroplastia)

O que é blefaroplastia?

Blefaroplastia é a cirurgia que visa a melhora estética do processo de envelhecimento das pálpebras, flacidez e bolsas.

 

Para quem está indicada?

A blefaroplastia está indicada nos casos em que há ptose palpebral (queda da pálpebra), excesso de pele e/ou gordura palpebral e/ou hipertrofia muscular. Ocidentalização dos pacientes orientais.

 

Como é realizada a cirurgia?

A cirurgia consiste na maioria dos casos na remoção do excesso de pele e gordura e reposicionamento da musculatura do olho.

 

Quais são as possíveis complicações?

  • Infecção da ferida operatória – Resolvidas com uso de antibióticos e curativos locais.

  • Má cicatrização – Principalmente em fumantes.

  • Olhos secos e Lacrimejamento – Geralmente quando é retirado grandes excessos de pele.

  • Ectrópio, Entrópio e Retração – Condição rara, geralmente em idosos, apresentando pálpebra inferior caída, com eversão ou inversão.

  • Lesão da conjuntiva ocular – Condição rara.

  • Alteração da acuidade visual – Devido a formação de hematomas, o qual é evitado com o acompanhamento freqüente e permanente.

  • Edema – Pode ocorrer por um tempo maior devido a alteração da drenagem linfática a qual regride com drenagem linfática.

 

Quais são os pacientes com maior risco de complicação?

Pacientes com hipertensão, diabetes e fumantes.

 

Quais são os cuidados no pós-operatório?

Caso a cirurgia tenha sido realizada sob anestesia local, o paciente poderá receber alta imediatamente após o procedimento. Deve-se colocar gelo local nas primeiras 48 horas após a cirurgia, evitar trauma local. Os pontos são retirados com 5 a 7 dias.